skip to Main Content
Ligue (48) 99664-6813
Os 6 Principais Erros Cometidos Na Hora De Pintar Sua Casa

Os 6 principais erros cometidos na hora de pintar sua casa

Muitas pessoas pensam que pintar paredes é uma tarefa simples, porém é um processo que requer passos muito bem preparados para que se obtenha um resultado de sucesso. Se o ambiente não for bem preparado, todas as falhas cometidas durante o processo de construção ficarão ainda mais evidentes, independente da quantidade de vezes que você pinte tentando fazer a correção.

Pensando nisso, resolvemos ajudar você a entender a importância da escolha de um bom profissional para deixar o seu lar ainda mais aconchegante.

Confira os 6 principais erros que as pessoas cometem ao redecorar seus ambientes.

  1. Não dar a devida importância às imperfeições da estrutura: Paredes que possuem sujeiras, buracos ou umidade podem dar mais trabalho na hora da reforma, pois necessitam de um cuidado ainda mais especial. Para realizar um serviço de qualidade, as paredes devem ser limpas e os furos cobertos com massa corrida. Já no caso da umidade, deve-se buscar a causa do problema e resolver antes de iniciar qualquer tipo de decoração, pois a umidade pode voltar com facilidade e manchar toda sua estrutura já decorada, proporcionando dores de cabeça desnecessárias. Após a resolução destes problemas a parede estará liberada para iniciar o processo de lixamento e pintura.
  2. Escolha a tinta ideal. Fosca, brilho ou semi brilho? O grande risco na escolha dos tipos de tinta é sem dúvida, amenizar ou evidenciar os defeitos da estrutura a ser pintada. As dúvidas giram sempre em torno das tintas brilho, semi brilho ou fosca. No caso de uma parede que esteja com muitas imperfeições, as tintas brilho e semi brilho evidenciariam ainda mais os problemas, sendo ideal então que a tinta fosca fosse utilizada. A tinta fosca torna-se uma perfeita escolha para paredes com mais imperfeições, contudo, ela dificultará um pouco a limpeza por seu muito porosa.
  3. Aplicação de texturas: As texturas tornam-se ótimas saídas para quem quer um ambiente diferenciado, porém um dos problemas em utilizá-la é, se seu ambiente é muito úmido, causando bolhas que podem vir a descascar futuramente, fazendo com que a parede fique desigual em uma próxima aplicação. O excesso na utilização das texturas poderá deixar seu ambiente muito carregado e dificultar a limpeza das suas paredes. O recomendável é escolher apenas uma parede para aplicar este tipo de detalhe.
  4. Escolher mal as cores na hora de pintar: Na hora de pintar, busque escolher tons que não sejam muito escuros, e nem escolha aplicar estes tons em muitas paredes, pois é como se “a luz do ambiente” fosse absorvida pelas paredes, fazendo com que seu ambiente fique carregado ou dê a impressão que seja menor. Evite as cores muito vibrantes em todas as paredes, pois elas podem se tornar cansativas ao longo do tempo, e também podem limitar muito quanto à mudanças na decoração do ambiente.
    Por outro lado a utilização apenas de tons neutros pode ampliar demais seu ambiente, fazendo com que você precise utilizar mais móveis ou precise de uma dedicação maior na escolha da decoração. Em caso de dúvida na combinação de cores, opte pelo branco, ele fará com que as cores tenham mais conexão entre si, e assim seu ambiente tornar-se-á mais aconchegante.
  5. Pintura com esponja: A pintura com esponja foi bastante realizada na década de 90, era de fácil aplicação e disfarçava muito bem algumas falhas nas paredes. Atualmente esta técnica é considerada como ultrapassada por diversas empresas de decoração. Na dúvida opte por outros tipos de textura para dar uma nova cara ao seu ambiente.
  6. Excesso de criatividade: Na hora de combinar suas cores com a decoração, dê preferência sempre para as cores predominantes em seus objetos, entretanto, escolha a mesma cor em um tom mais claro, assim você tornará seu ambiente mais harmonioso.

A melhor opção para a realização destes trabalhos será sempre um profissional qualificado, afinal, eles sabem como combinar as melhores cores, tipos de tintas e preparação da estrutura para garantir um serviço de qualidade, sem que você tenha gastos adicionais, além de evitar as tão indesejadas dores de cabeça!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *